Florianópolis chega a 901 óbitos – Confira também o percentual de vacinados, casos ativos e recuperados

Cerca de 83 mil pessoas receberam a vacina contra a Covid-19 na Capital, o que representa 16% da população.
Destas, 50,5 mil receberam as duas doses, significando 10% dos habitantes.

Nesta terça-feira, 20, a Prefeitura de Florianópolis irá ampliar a vacinação para pessoas de 64 anos. Segundo a estimativa do IBGE, a cidade conta com 4.158 pessoas nesta idade.

Sete falecimentos por dia
De acordo com informações do governo de SC, desde o início da pandemia, Florianópolis registrou 901 óbitos.

Nos últimos 30 dias houve 220 falecimentos, uma média de sete mortes por dia.

No momento há 1.290 casos ativos na Capital, média de 257 para cada 100 mil habitantes.

Quadro com os casos nos municípios de SC

As cinco dúvidas mais frequentes:

1 – Quem já teve Covid deve tomar vacinar?
Sim, ainda não há evidências cientificas comprovando que quem já contraiu a doença está imune.

2 – Se já tive Covid, quanto tempo depois da infecção posso fazer a vacina?
A recomendação é que a vacinação seja adiada até a recuperação clínica total e pelo menos quatro semanas após o início dos sintomas ou quatro semanas a partir da primeira amostra de PCR positiva em pessoas assintomáticas.

3 – Posso pegar Covid mesmo após vacinado?
A chance de se contaminar com vírus e desenvolver a doença, tendo sido vacinado são significativamente menores, mas existe, especialmente antes do período de 28 dias após a segunda dose.

4 – Quanto tempo depois da segunda dose estarei imunizado? Após vacinar posso sair, viajar ou ir a festas sem máscaras?
A imunidade total ocorre cerca de 30 dias após a segunda dose. As medidas de distanciamento deverão ser mantidas até que a imunidade coletiva seja atingida pela população.

5 – A vacina causa Covid ?
Não, nenhuma vacina causa Covid. As vacinas atualmente aprovadas e disponíveis no Brasil são seguras. Inclusive as disponíveis no momento utilizam o vírus inativado, ou parte do vírus inativado, igual a outras vacinas como a da gripe e a da raiva.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *