Mesmo tamanho e mais nova – Semelhanças e diferenças entre a ponte das Olimpíadas, em Tóquio, e a Hercílio Luz

Compartilhe:

Quem acompanha a cobertura dos jogos olímpicos pela televisão percebe que um dos cenários mais mostrados da cidade de Tóquio é a Rainbow Bridge.

A ponte, um dos símbolos modernos do Japão, apareceu com destaque no vídeo de abertura das Olimpíadas e diariamente serve de fundo nas transmissões da TV brasileira.

Apresentadores utilizam o cartão postal como cenário de fundo (Imagem do G1)

Na frente da estrutura, inclusive, foi instalado o emblema das Olimpíadas.
E o design da Ponte do Arco-Íris remete diretamente à nossa Hercílio Luz.

O tamanho também é similar: a japonesa mede 798 metros de comprimento, contra 821 da catarinense.

Ponte cruza a Baía de Tóquio (Wikipedia)

A ‘diferença de idade’, no entanto, é muito maior: o cartão postal de Florianópolis foi inaugurado em 1926, enquanto a ponte asiática foi concluída em 1993.

Iluminação cênica
A estrutura cruza a Baía de Tóquio até Odaiba, um grande centro comercial, com escritórios, lojas e restaurantes.

Ao entardecer, a ponte ‘se veste’ de vermelho, branco e verde.
Essas luzes coloridas, alimentadas por energia solar, são a origem do nome.

Os diferentes tons da Rainbow Bridge à noite (Wikipedia)

Além da diferença de quase sete décadas, a Ponte Hercílio Luz tem uma característica que a distingue de qualquer outra no mundo: é a maior ponte pênsil sustentada por um sistema de barras de olhal.

A Hercílio Luz vista desde o Estreito (Billy Culleton)

(A imagem de abertura é do vídeo oficial da abertura dos jogos olímpicos)

Reportagem relacionada:
Conheça as dez pontes pênseis no mundo mais parecidas com a Hercílio Luz

 

Compartilhe:
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *