O Centro na mídia: sexta-feira sem Berbigão do Boca, placa furtada na Praça XV e nova sede da Polícia Civil

Sexta-feira sem abertura do Carnaval e Berbigão do Boca – Cacau Menezes (ND)
Tradicionalmente, há duas décadas, a abertura do Carnaval de Florianópolis é feito pelo Berbigão do Boca, que ocupa as ruas centrais da cidade.
Confira a homenagem feita por um leitor do Jornal Notícias do Dia.
“Cessou-se o rufar do bumbo, calaram-se os tamborins. O cavaquinho ficou guardado e os foliões devidamente isolados – cada um no seu canto. Ocorreu-me que esse ano não teremos Berbigão do Boca, a tradicional festa da Ilha, no centro da cidade. Não tem grande mérito a minha conclusão: seria impossível que tivéssemos Carnaval diante desta triste pandemia, mas me perguntei por que o “Berbigão” vai fazer tanta falta?”
Confira aqui a informação completa

Furtada placa que homenageava Albert Sabin – Renato Igor (NSC)
A placa em homenagem ao pesquisador e médico judeu polonês Albert Sabin foi furtada no centro de Florianópolis. É mais um importante registro histórico da Ilha de Santa Catarina que desapareceu pelas mãos de ladrões e receptadores de bronze. Desta vez, foi a placa que desde 1980 estava instalada no Jardim Oliveira Belo, na Praça XV de Novembro, em homenagem à visita de Sabin, que desenvolveu a vacina para a poliomielite.
O pesquisador esteve em Santa Catarina em 1980 a convite do então governador Jorge Bornhausen.
Confira aqui a informação completa

Polícia Civil vai ocupar prédio da ala leste do Centro de Florianópolis – Fábio Gadotti (ND)
A antiga sede do Procon SC, na rua Victor Meirelles, no Centro, vai ser ocupada pela Polícia Civil. A transferência foi formalizada nesta quinta-feira (4). Ainda não há, no entanto, prazo para que o prédio comece a ser utilizado pelas unidades operacionais da instituição.
Antes, segundo informações da delegacia geral de SC, vai passar por uma reforma. As instalações da Avenida Osmar Cunha, que são alugadas, devem ser entregues. A instalação da PC no local é fator positivo para a revitalização da ala leste do Centro Histórico.
Confira aqui a informação completa

Venda de imóveis em Florianópolis tem a maior alta do país – Estela Benetti (NSC)
Florianópolis registrou alta de 49,3% na venda de imóveis no período de janeiro a setembro de 2020 frente aos mesmos meses do ano anterior, considerando número de unidades. Neste período, mesmo durante a pandemia de coronavírus, o setor imobiliário brasileiro surpreendeu positivamente. O crescimento de Florianópolis foi o maior entre as grandes cidades brasileiras, de acordo com o levantamento realizado pela consultoria Brain Inteligência de Mercado. No mesmo período de comparação, na capital catarinense o valor geral de vendas (VGV) de imóveis caiu 59,3%, o total de lançamentos recuou 57,5% e o preço médio do metro quadrados alcançou R$ 9.743.
Confira aqui a informação completa

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *