O encontro das águas de diferentes tons, embaixo da Ponte Hercílio Luz, é causado pelo vento Noroeste

A reabertura da Ponte Hercílio Luz está permitindo ver um fenômeno que sempre aconteceu, mas que a maioria da população de Florianópolis desconhecia.
Isso, porque o fato só pode ser apreciado claramente de cima da ‘Velha Senhora’.

O mar em duas tonalidades contrastantes: as águas mais próximas à costa ficam marrons, mexidas pela correnteza, por causa do vento Noroeste.
E as águas que correm pelo canal, mais ao centro da Baía Norte, mantêm a tonalidade esverdeada, tradicional.

Na manhã desta quinta-feira, 17, novamente foi possível observar o ‘encontro das águas’, nos remetendo a Manaus, com os rios Negro e Solimões.

Em junho, o Floripa Centro já tinha mostrado o fenômeno.
Confira aqui.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *