Risco de vida – Reforma das pontes não prevê passarela para pedestres sobre a Beira Mar Norte

Por Billy Culleton

Pedestres e ciclistas terão que continuar arriscando as suas vidas na travessia da Beira Mar Norte, próximo aos clubes de remo.
O sonhado prolongamento da passarela da Ponte Pedro Ivo Campos até a área do Terminal Rita Maria, passando por cima da avenida, não está contemplado no atual projeto de recuperação das duas pontes.
A informação é da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade.

Descida da passarela na área insular

Mesmo prevista no projeto original da ponte, a continuação da passarela, que teria mais 150 metros, nunca foi concluída.

Nem antes, nem agora – Passarela devia chegar ao entorno do Terminal de Ônibus Rita Maria

Por isso, as cerca de 500 pessoas que diariamente utilizam a passarela, única ligação não motorizada entre a ilha e o continente, têm três opções: se deslocar cerca de 1 quilômetro até o Centro Sul ou 1,7 quilômetro até o trapiche da Beira Mar. Ou aventurar-se na travessia maluca no meio dos veículos que passam em alta velocidade.

As duas alternativas para pedestres e ciclistas, sem arriscar a vida

Veja vídeo com flagrante de travessia:

Em 2011, foi noticiado que o prolongamento da passarela sairia do papel, porém, isso nunca aconteceu. Confira:

Diário Catarinense, 3/6/2011:
A passarela sul da Ponte Pedro Ivo Campos, na Capital, será inteiramente recuperada. O consórcio Passarela, formado pelas empresas Sociedade Técnica de Estudos, Projetos e Assessoria Ltda (Sotepa) e Iguatemi Consultoria e Serviços de Engenharia Ltda venceu a licitação para fazer o projeto, que será entregue ao Departamento Estadual de Infraestrutura em 120 dias.
O custo da obra será de R$ 667.914,91. As obras deverão iniciar em aproximadamente 160 dias, depois de feita a licitação para escolher a empresa responsável pelo execução dos trabalhos de construção.
No local, será implantado um novo sistema de iluminação, monitoração em tempo real, prolongamento da passarela até a área do Terminal Rita Maria e avaliação das condições estruturais do concreto e das juntas de dilatação.

Notícias do Dia, 3/6/2011:
Única ligação não motorizada entre a Ilha e o Continente, a passarela da ponte Pedro Ivo será revitalizada. O consórcio Passarela, que venceu a licitação realizada pela Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura) tem 120 dias para entregar o projeto de recuperação da estrutura.
Formado pelas empresas Sociedade Técnica de Estudos, Projetos e Assessoria Ltda (Sotepa) e Iguatemi Consultoria e Serviços de Engenharia Ltda, o consórcio apresentou oferta de trabalho no valor de R$ 667.914,91, 8,15% abaixo do valor estimado pelo Deinfra, que era de R$ 727.149,33.
De acordo com o diretor de Planejamento do Deinfra, WilliamWojcikiewicz, será implantado novo sistema de iluminação, circuito fechado de TV para monitoramento em tempo real, elevação do guarda-corpos de 80 centímetros para um metro e meio, prolongamento da passarela até o Terminal Rodoviário Rita Maria e avaliação das condições estruturais do concreto aparente e das juntas de dilatação.

Veja outros flagrantes:

Confira aqui outra reportagens do Floripa Centro

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *