Após 60 anos – Filha de Jorge Lacerda reencontra aparelho de som que pertenceu ao ex-governador

Começa em novembro, no Museu Histórico de Santa Catarina, no Centro, uma exposição sobre Jorge Lacerda, ex-governador catarinense que morreu num acidente aéreo em 1958.
A mostra apresentará fotos e objetos pessoais do político, além de estar previsto, para o início de dezembro, o lançamento do livro “Memórias de Jorge Lacerda – Uma época de ouro na política catarinense”, escrita pelo neto Roberto Lacerda Westrupp.

Cristina Lacerda (com as mãos para atrás) se emocionou ao ver e ouvir a caixa de som de mais de 100 anos

Cristina Lacerda Prazeres, filha do ex-governador, que está ajudando na preparação da exposição, visitou o Palácio Cruz e Souza na semana passada para ultimar os detalhes da mostra.

Ao percorrer os cômodos do Palácio junto com a administradora do museu Lena Peixer, Cristina se deparou com uma caixa de música Polyphon, que pertenceu a sua mãe Kyrana.

O aparelho alemão do início do século passado ainda funciona: para ouvir os discos de metal, e perfurados, é necessário girar uma manivela.

Roberto Lacerda Westrupp, neto de Jorge Lacerda, com um dos 20 discos de metal que estão junto ao aparelho de som

“A minha mãe comprou o caixa de música, em Blumenau, enquanto o pai era governador. Ela levou o aparelho para o Palácio da Agronômica, onde morávamos”, contou Cristina Lacerda Prazeres.
Com a morte de Jorge Lacerda, a família deixou a residência oficial do governador e a dona Kyrana decidiu doar o aparelho de som ao Museu Histórico de SC.

“Ele queria evitar que as pessoas pensassem que a caixa de som era do Palácio e que ela o tinha levado para sua própria casa”, explicou Cristina, que sabia que o aparelho estava no Museu, porém, não o tinha visto novamente após a doação, há seis décadas.

Confira o vídeo com a música da caixa de som:

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *