Cinco curtas da semana – Visite Recife; cigana na Praça 15; salgados gratuitos; pedestre feliz e os carrinhos da Comcap

Vá para o Recife!
Uma empresa privada instalou gratuitamente, em 2018, 45 estações de ginástica e alongamento em toda Florianópolis. No Centro, encontram-se na avenida Beira Mar e no Parque da Luz e são pouco usados.
Em troca, a empresa pode explorar a publicidade dos espaços.
No início desta semana, foi colocado um novo anúncio que convida as pessoas a visitar Recife, capital de Pernambuco.
Uma cidade turística que faz propaganda para visitar outra cidade turística, a 3,4 mil quilômetros.

Ciganas modernas
Até alguns anos atrás era muito comum encontrar ciganas na Praça 15, abordando as pessoas para ‘ler a sorte’. Depois sumiram. Nesta sexta-feira, 7, porém, duas representantes dessa cultura milenar estavam na praça buscando clientes com a tradicional abordagem para a leitura das mãos. O custo do serviço? Começa com R$ 5, mas pode ser muito mais dependendo dos dados da futurologia.
O que mudou são as vestimentas. No lugar das grandes saias coloridas, roupas comuns. Uma das ciganas vestia uma saia longa e a outra, calça jeans e tênis. Questionadas, uma delas falou: “Ah, agora não precisa mais chamar tanto a atenção…”. Em seguida, emendou com o clássico sotaque: ‘Não tens cinco reais para tomar um café?”.

Salgadinhos de graça
Diariamente, às 18h30min, chama a atenção uma longa fila num quiosque de lanches, ao lado do Mercado Público. São humildes trabalhadores, misturados com moradores de rua, que recebem os salgadinhos que sobraram do dia e não mais serão vendidos. São duas unidades para cada pessoa.
Atitude louvável e compassiva. A maioria dos donos desses estabelecimentos, ao fim do dia, prefere jogar as salsichas, coxinhas e pastéis no lixo para ‘não se incomodar’.

Bela iniciativa
A ampliação dos locais para os pedestres caminhar no Centro, por meio de pinturas nas ruas, tem mostrado ótimos resultados, sem nenhum prejuízo ao trânsito.
Uma boa solução para as calçadas estreitas, ao mesmo tempo em que se incentiva e valoriza o deslocamento a pé.

Muito robusto, muito frágil
A Comcap começou a utilizar um potente quadriciclo na limpeza do Centro. O veículo é recomendado para terrenos irregulares e fazia a manutenção nas praias. Para começar o deslocamento tem que ser em segunda marcha, se não ele ‘pula’.
Foi enviado ao Centro porque o tradicional quadriciclo elétrico, com seis baterias, que fazia o serviço há alguns anos ‘vive estragado’, já que não é adequado para carregar muito peso.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *