Curtas da semana – Cinco flagrantes do nosso cotidiano

Em tempos de tapumes, a fachada da Magazine Luiza, no calçadão da Felipe Schmidt, foi escondida por plásticos. Embora muitos se assustaram, era apenas uma ação de marketing para queima de estoque (Foto Fabrício Severino).

A Prefeitura está renovando as placas nas ruas centrais. Os nomes originais dos logradouros permanecem abaixo do nome oficial, em fonte menor. A Tenente Silveira, por exemplo, chamou-se Rua do Imperador e Rua do Governador.

Abriu mais um estacionamento, na rua Vidal Ramos, ao lado do Ceisa Center. O prédio que existia no local (veja foto abaixo) foi demolido em 2018 após a prefeitura ameaçar multar proprietários de casas abandonadas usadas por moradores de rua.

Fachada do prédio, com tapume, antes da demolição.

Mocinha silenciosa e sorridente, de aproximadamente 30 anos, decidiu montar acampamento na Avenida Paulo Fontes. Horas depois a Guarda Municipal a orientou a desfazer a barraca. Ela obedeceu, mas ficou no local por mais um dia.

Leitor envia flagrante de casal de pombas descansando na cabeça da estátua de Fernando Machado (1822-1868), na praça que leva seu nome, ao lado da Praça 15. Militar desterrense, lutou na Guerra do Paraguai.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *