Cinco curtas – Novo museu no Centro, carro invade ciclovia, corredor de ônibus da Ponte intransitável e mais…

Expectativa pela inauguração do novo museu
Construída em 1770, a antiga Câmara de Vereadores (um dos três prédios mais antigos da Capital junto com a Catedral e o Palácio Cruz e Sousa) sediará o Museu de Florianópolis.
A edificação está recebendo os últimos retoques para ser aberto ao público em breve.
A gestão será do Sesc, em parceria com a Prefeitura da Capital.

Rotina: veículo invade calçada na Beira Mar
Uma das ‘bandeiras’ do Floripa Centro é a instalação de mais guard rails na Avenida Beira Mar Norte para evitar o risco de atropelamentos de pedestres e ciclistas que passam na lateral. Já foram publicadas diversas reportagens mostrando a constante saída de pista de veículos que invadem ciclovia e calçada.
Nesta quinta-feira, 21, mais um registro, na curva do CIC, sem vítimas. (Imagem da GMF)

“Panela” no corredor de ônibus da Ponte
Há mais de dois meses o corredor de ônibus da Rua Conselheiro Mafra, na saída da Ponte Hercílio Luz, está intransitável.
Tanto é que nem os próprios motoristas do transporte coletivo o usam mais. Eles transitam pela pista ao lado.
Questionada sobre previsão para o conserto dos 10 metros de asfalto, a Prefeitura não se manifestou.

Chega de calçada quebrada no Largo da Alfândega
O constante ir-e-vir dos caminhões de feirantes no Largo da Alfândega tem provocado a quebra contínua de parte do piso.
Especialmente, naquele que cobre o pequeno canal para o escoamento da água da chuva.
Após dois anos trocando as peças, o poder público decidiu substituir as peças de concreto por chapas de aço (na foto, à esq.), resolvendo definitivamente o problema.

Imagem rara na região central
Cena cada vez mais rara na Ilha. Um homem com as vestes gaúchas andando pelo Centro, neste caso na Rua Conselheiro Mafra.
Poucos anos atrás era mais comum ver os ‘paisanos’ pilchados caminhando pela cidade, geralmente, provenientes da Serra catarinense.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *