Curtas do fim de semana – Beira mar despoluída; decepção cultural; carro furtado?; táxi de 1969 e a figueira falante

Beira Mar Norte própria para banho
As águas da Beira estão com o nível mais baixo de poluição das últimas décadas e hoje estariam aptas a receber banhistas. O anúncio foi feito pelo prefeito Gean Loureiro, neste domingo pela manhã, durante a inauguração de uma base de canoagem havaiana, ao lado das quadras de areia na avenida Beira Mar Norte.
O último levantamento feito pela Fatma aponta a existência de 240 coliformes fecais por 100 mililitros, quando o limite máximo de partículas para considerar a água própria para banho é de 800.
Para confirmar que a água está despoluída são necessários três relatórios seguidos, o que deve acontecer nas próximas semanas.

“Roubaram meu carro!”
Uma mulher chora na esquina das ruas Francisco Tolentino e 7 de Setembro, no Centro, na manhã deste sábado, 1º. Desesperada pelo sumiço do carro que tinha estacionado nas imediações, aborda uma viatura da Polícia Militar que passava pelo local.
Após relatar o ocorrido, é informada que o veículo foi guinchado, pois estava estacionado em local exclusivo para viaturas da PM e Guarda Municipal, como indica a placa de sinalização.
Alívio. E também irritação pelos transtornos futuros: buscar o carro no depósito de Palhoça, pagar o guincho e as multas. ‘Meu marido vai me matar’, falou, já mais descontraída, em tom de brincadeira.

Carro foi estacionado na faixa amarela.

Em muitas cidades pelo mundo, após o veículo ser guinchado, é deixada uma mensagem, num papel grudado na calçada, informando que o carro foi levado pelos agentes de trânsito e como proceder para recuperá-lo. Evita um grande susto.

Decepção cultural
Grandes espetáculos gratuitos têm recebido pouco público na Capital.
Um exemplo foi a apresentação do concerto lírico italiano no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), na sexta-feira, 31.
O tour que está percorrendo as principais cidades do país, trouxe o pianista Davide Dellisanti e a soprano Francesca Ruospo, ambos italianos, além do tenor brasileiro Richard Bauer, nomes de destaque da música clássica internacional.
Pouco menos da metade das 300 poltronas do mais antigo teatro de Florianópolis estava ocupada. O festival cultural Mia Cara 2019 é organizado pela Embaixada da Itália no Brasil.

Táxi à moda antiga
Um antigo táxi chamava a atenção na entrada da feira de antiguidades, sábado, 1º, no Centro de Florianópolis.
O simpático Fusca 1969, de propriedade de um dos expositores, foi totalmente reformado para se assemelhar aos clássicos táxis que rodavam pela Capital em tempos passados.

Aplicativo na figueira:
As pessoas que visitam a figueira da Praça 15 podem visualizar uma animação virtual com a própria árvore contando a sua história.

Para isso, é necessário baixar um aplicativo no celular chamado Lendas da Ilha. Para ver a figueira animada, o usuário habilita a câmera do celular, aponta para a árvore e encaixa o marcador no local indicado: uma animação da figueira começará a falar com você, com sotaque manezinho.
Confira o vídeo da figueira falante: https://vimeo.com/328537073

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *