Desde 1750 – Praça que foi principal fonte de água do Centro de Florianópolis ganha academia ao ar livre

Compartilhe:

Apoio cultural Box 32 e Audioprev

Nos séculos 18 e 19, o espaço onde está localizada a Praça Pio 12, ao lado das Lojas Americanas, no Centro de Florianópolis, tinha uma fonte, usada pela população para recolher água.

Era conhecido como Largo da Carioca (em alusão à fonte, que assim se chamava).

Já a rua que passava na frente (atual Felipe Schmidt) era chamada Rua da Fonte do Ramos, em referência ao sobrenome dos proprietários das terras do entorno da área.

Na área foi instalada uma academia de ginástica, nesta terça-feira, 24.
A iniciativa foi da Associação dos Aposentados e Pensionistas da Previdência Social da Grande Florianópolis (Asaprev) pela passagem do 35º aniversário da entidade.

A fonte que ali nascia formava um córrego que passava pela Rua 7 de Setembro e ia desaguar no mar, a poucas quadras, segundo conta a urbanista Eliane Veras da Veiga, no livro “Florianópolis, Memória Urbana”.

Em 1887, o riacho foi canalizado e foram construídas fontes para lavação de roupa.

Já no início do século 20, o espaço arborizado não tinha muito aproveitamento.
Mas a partir da metade do século, foi construído o primeiro terminal de ônibus da cidade, que funcionou até a década de 1980.

Foi na gestão do prefeito Sérgio Grando (1993-1996) que o local foi revitalizado, se transformando na atual Praça Pio 12, que passou a contar com um estacionamento subterrâneo.

(As fotos históricas são de autoria desconhecida. As atuais, de Billy Culleton)

Compartilhe:
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *