Dez fotos desde 1890 – A evolução do prédio da Casa da Alfândega, que está sendo revitalizado

Melhor exemplar da arquitetura neoclássica de Santa Catarina, o prédio da Casa da Alfândega, em Florianópolis, foi inaugurado em 29 de julho de 1876, pelo então presidente da província de Santa Catarina, Visconde de Taunay.
A data foi escolhida por ser o aniversário da Princesa Isabel.

Foi mandada construir pelo Governo Imperial para funcionar como posto de arrecadação de impostos das mercadorias que chegavam no porto da cidade.
A edificação substitui a primeira alfândega, que se localizava ao redor da atual Praça XV, e que destruída por uma explosão em 1866.

Em 1964, a alfândega encerrou as atividades juntamente com o fechamento do porto na Capital.

Atualmente, o prédio está passando por uma grande reforma, junto com todo o Largo da Alfândega. As obras, que custarão R$ 7,8 milhões, devem ser concluídas até o final deste ano.

Confira a evolução do prédio de 143 anos:

Registro de 1890 (Acervo Casa da Memória)

Registro de 1894 (Acervo Casa da Memória)

Registro de 1895 (Acervo Casa da Memória)

Início da década de 1900 (Acervo Casa da Memória)

Registro da década de 1920 (Acervo Casa da Memória)

Registro de 1957 (Acervo Casa da Memória)

Foto da década de 1960 (Acervo Iphan)

Na imagem da década de 1980, Procissão do Senhor dos Passos. À esquerda, estrutura da passarela do samba, antes da Nego Quirido (Acervo Iphan)

Década de 2010 (Foto: Daniel Conzi)

Atualmente, prédio passa por reforma (Foto: Billy Culleton)

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *