O bar das meninas, bêbados e cafetões na região central da cidade, na poesia de Chiko Kuneski

O jornalista Chiko Kuneski é morador do Centro de Florianópolis há quatro décadas.
Portador de deficiência física, cadeirante, também é escritor e poeta.

Nesta apresentação de suas obras, no Floripa Centro, traduz o clima no interior do último boteco que ainda resiste na Rua Conselheiro Mafra, na esquina com a Padre Roma.
O histórico estabelecimento fornece refeições populares para os trabalhadores do entorno do antigo Bairro da Figueira e reúne a mais variada clientela.

Já nesta segunda poesia, Chiko faz uma espécie de apresentação da vida do poeta e o seu mundo.

— Acompanhe as poesias musicadas de Chiko Kuneski & Luiz Aurélio, no Youtube.

— Conheça o livro de Chiko Kuneski “Diário do Nada – Cem Dias Sem Mundo“.

— Confira a trajetória do poeta

Novas narrativas – No aniversário da Capital, quatro ‘grandes’ da cidade se juntam ao time do Floripa Centro

Neste 23 de março de 2021, aniversário da cidade, o Floripa Centro está lançando uma nova sessão, chamada ‘Narrativas do Centro’.
Nela, serão publicados textos de diversos gêneros, sempre com foco na região central da cidade.

Haverá crônicas de Sérgio da Costa Ramos, contos e cenas urbanas com Norma Bruno, poesias de Chiko Kuneski e fotos de Tasso Scherer.

Assim, todos os finais de semana o leitor do Floripa Centro poderá apreciar as fantásticas produções destes consagrados comunicadores.

Cada um deles terá seu trabalho publicado uma vez por mês.
No ‘lançamento’ do espaço, neste aniversário de Florianópolis, haverá uma obra de cada um dos quatro autores.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *