Os donos do ponto – Taxistas reclamam que população usa seus abrigos para embarcar em carros de aplicativos

Cansados de assistir pessoas embarcando em Uber bem na frente deles, motoristas de táxis do Mercado Público de Florianópolis decidiram escancarar: colaram adesivos nas laterais do abrigo, explicitando que o local é de uso exclusivo dos taxistas.

POR FAVOR! Respeite esse espaço, pois é exclusivo para o sistema de táxi.
Usuários de Apps e de outros transportes solicite em outro local.
Grato pela compreensão.

O abrigo coberto e com quatro assentos é o lugar ideal para esperar um carro de aplicativo, na Avenida Gustavo Richard, nas imediações do Largo da Alfândega, ao lado do Mercado Público.
Não há outro similar nos arredores.
Por isso, muitos usuários do Uber que deixam o Centro chamam o serviço e esperam ali, para desespero dos taxistas.
São constantes os atritos envolvendo o abrigo, que foi colocado recentemente, após a reforma do Largo da Alfândega.

O taxista Antônio Amaral, há 15 anos na praça, tem o discurso na ponta da língua. “Esse lugar é nosso, nós pagamos impostos e temos direito!”, diz, enfaticamente.
“Não vamos permitir que motoristas improvisados, que não pagam nada para a Prefeitura, usem o que conseguimos ao longo de anos”, afirma, acrescentando que ‘chamam a atenção’ de qualquer Uber que ‘encostar’ na área.

O abrigo fica bem na frente da faixa de pedestres, por isso, os táxis ficam parados dois metros antes.

A população, que está alheia à disputa entre taxistas e motoristas de aplicativos, aguarda por uma alternativa.
“Deveriam colocar um abrigo em outro lugar próximo para esperar o Uber e acabariam os problemas”, sugere a aposentada Maria Helena Constantino, que estava surpresa com a exclusividade do confortável abrigo apenas para os passageiros de táxi.
“Até porque sempre tem táxi parado no ponto e ninguém fica esperando sentada por um táxi”.
(3/6/2020)

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *