RD Summit – 15 mil visitantes chegam para evento, mas ninguém quer recolher o lixo que está a 50 metros, na praia

Por Billy Culleton

Florianópolis sediará, no início de novembro, o maior evento de marketing e vendas da América Latina.
Cerca de 15 mil pessoas de todo o país, e também do exterior, comparecerão ao Centrosul, onde estão sendo montadas mais duas enormes estruturas para acolher a multidão do RD Summit 2019, nos dias 6, 7 e 8 do próximo mês.

Porém, se algum desses participantes tiver a iniciativa de ir até a beira do mar, a 50 metros do local do evento, terá uma desagradável surpresa.
O espaço ao fundo do estacionamento do centro de eventos está coberto de lixo. Os resíduos chegaram pelo mar: a maior parte são garrafas de plástico que, junto com galhos, pneus e pedaços de isopor, ficaram depositadas em valas por causa da maré. E ali estão há meses!

Água parada com cheiro de esgoto completa o deprimente quadro

Mas ninguém se responsabiliza pela limpeza da área.

– A Comcap afirma que o recolhimento do lixo é de responsabilidade do Centrosul.

– O Centrosul diz que a área do estacionamento está terceirizada para a empresa Multipark. Mas, mesmo assim, assegura que quem deveria cuidar da limpeza seria a Comcap, inclusive da orla nos fundos do Centrosul (que se encontra relativamente limpa).

– A Multipark garante que o contrato de concessão firmado em 2012, não prevê a limpeza da costa praiana, ‘que continua de domínio público e de responsabilidade dos entes federativos correlatos’.

Com certeza, após esta denúncia, o lixo será recolhido nos próximos dias.
A saber, quem cederá… em benefício da imagem de Florianópolis.

Confira breve vídeo do local:

 

Confira a resposta completa dos envolvidos:

– Assessor operacional da Comcap, Patrick Coelho:
“Na área do Centrosul, eles que cuidam da limpeza. Nessa região, a Comcap não tem acesso à orla. A Comcap só faz o serviço de espetinho (catação dos resíduos com haste de metal) nos fundos da Passarela Nego Quirido e perto dos ranchos de pesca.”

– Cláudia Marthendal, gerente de operações do Centrosul:
“A área (do estacionamento) fica sob os cuidados da Multipark, empresa terceirizada que cuida do estacionamento e que é utilizado durante os eventos realizados no Centrosul. A Comcap deveria fazer a limpeza da orla, assim como faz na Beira Mar Norte”.

– Odirley Angulo, engenheiro da Multipark:
“Em contrato de concessão firmado no ano de 2012, nas responsabilidades da Multipark não consta a limpeza da costa praiana, que continua de domínio público e de responsabilidade dos entes federativos correlatos. Na área concedida à Multipark, realiza-se o serviço de jardinagem e limpeza mensalmente. Mas estes serviços se limitam à área concedida, não podendo adentrar em perímetros que não pertencem à concessão em voga.”

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *