Curiosidades do Centro – Veja as fotos atuais do antigo mictório público de Florianópolis, ativo até 1980

Compartilhe:

A área de 10 metros quadrados guarda parte da história da Capital.
O Castelinho, ao lado do Terminal Urbano Cidade de Florianópolis, foi construído há 110 anos para dar início ao saneamento básico da cidade.
Ali funcionou uma estação de elevação mecânica da rede de esgoto, movida a eletricidade, que bombeava os detritos para o mar.
Entre as décadas de 1950 e 1960, o empreendimento foi desativado e se transformou num mictório público, que funcionou até a década de 1980.

A pequena edificação, em estilo neoclássico, contava com quatro mictórios individuais, unidos num muro de um 1,2 metro de altura.
Inadmissível para os padrões de higiene atuais.
Pior ainda: por causa das portas no ‘estilo cowboy’, desde a calçada era possível
ver fugazmente o interior do local, com homens em pé, de costas, fazendo as suas necessidades.

Estado atual
O interior do castelinho encontra-se completamente abandonado, com paredes rachadas e sujeira no chão. O único que existe dentro são os mictórios.
Após ser mictório público, durante 15 anos sediou o Museu do Saneamento, que desde então está sob a responsabilidade de Casan.

Em julho de 2019, o Floripa Centro mostrou o abandono do local. Na semana seguinte, a Casan pintou o ‘Castelinho’ e prometeu fazer uma licitação para restaurar e abrir o espaço.
A revitalização incluiria a antiga bica d’água que tem ao lado, junto com o poste de iluminação (do início do século passado) que funcionava a querosene e a balaustra (onde chegava o mar) que está danificada.

O prazo era até o final do ano passado, mas até agora, nada foi feito.

Como foram feitos os registros
O local está clausurado com tapumes pregados nas portas de acesso.
Por isso, a reportagem conseguiu uma cadeira emprestada de uma lanchonete próxima, subiu nela e fez as imagens por uma pequena janela redonda que fica entreaberta.

Era possível apenas inserir o celular pela fresta, sem ter uma visão do que estava sendo fotografado.

Imagem do mictório em 1975 (Acervo Jornal O Estado)

Assim, as fotos não ficaram com a melhor qualidade, mas servem para ter uma ideia do interior desta edificação histórica que está abandonada no coração da cidade.

Compartilhe:
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *