Morro do Mocotó, no Centro, recebe novo polo de educação para jovens e adultos

Compartilhe:

Apoio cultural Box 32 e Audioprev

A Prefeitura de Florianópolis, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, abrirá um novo polo de Educação de Jovens, Adultos e Idosos.

Em parceria com a Associação de Amigos da Criança e do Adolescente do Morro do Mocotó (Acam), duas turmas de EJA funcionarão naquela comunidade da região central a partir do dia 2 de setembro, quinta-feira.

Haverá uma turma no período da tarde, e outra, à noite.
No horário das 14h às 17h, estão matriculados 12 estudantes, que terão aulas na terça, quinta e sexta-feira.
No período das 19h às 21h estarão frequentando a modalidade de ensino 19 pessoas, de segunda a quinta-feira.
As atividades ocorrerão na sede da Acam , Rua 13 de Maio, 149, Fundos 43.

Informa o secretário municipal de Educação, Maurício Fernandes Pereira, que a demanda no Morro do Mocotó é para moradores que ainda não concluíram o ensino fundamental.
“Eles terão a oportunidade de seguirem em frente na busca de mais conhecimentos, elevando o seu nível de escolaridade. E a EJA está aí para isso. Para abrir portas de oportunidades”, enfatiza.

Os interessados em participar das turmas, podem se dirigir, no horário de aula, à sede da Associação de Amigos da Criança e do Adolescente do Morro do Mocotó para se matricularem.

Podem entrar em contato também, para outros detalhes, com a Secretaria de Educação pelos telefones 3251-6102 ou 3212-0925.

Com essas duas turmas, a EJA estará presente em 27 localidades da Capital, seja na Ilha ou no Continente.

A modalidade atende pessoas com idade a partir de 15 anos que queiram se alfabetizar e concluir o ensino fundamental.

Com um modelo pedagógico próprio que parte do interesse e das questões da vida real de cada estudante, estão matriculados na Educação de Jovens, Adultos e Idosos mais de 1.800 pessoas.
“Estaremos abrindo polos onde houver necessidade”, declara o secretário de Educação.

(Com informações  e imagens da Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de Educação)

Compartilhe:
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *