Novidade na retomada da nova Zona Azul – Carro com câmeras ajudará na fiscalização do estacionamento

A cobrança do estacionamento rotativo começa nesta segunda-feira, 24, exclusivamente no Centro da Capital.

A fiscalização das 2,4 mil vagas terá o apoio de um carro equipado com uma câmera OCR (em português, Reconhecimento Óptico de Caracteres), que transforma imagens em textos.
Dessa forma, haverá o histórico dos carros estacionados na região central em uma base de dados atualizada em tempo real.

A fiscalização também ocorrerá com o apoio dos monitores de empresa Rizzo.


Processo para a multa
A metodologia da autuação, diante de um carro sem crédito, continua a mesma: o monitor aplica a advertência, que só se converterá em multa caso um guarda municipal ou policial militar passar pelo local, flagrar o aviso no parabrisas e notificar o veículo.
Caso o agente público não multar na hora, a advertência do monitor não tem mais valor.
Vantagens do carro com câmeras
A fiscalização com câmeras será feita por apenas um carro, que pertence à Prefeitura de Florianópolis e que será conduzido por um servidor municipal.
A empresa Rizzo cedeu as câmeras e a tecnologia usada no veículo.

A base de dados captada em tempo real também poderá ser uma importante aliada da segurança pública da cidade.
Veículos com registro de roubo ou com outras irregularidades, como documento atrasado, poderão ser facilmente encontrados na região de atuação do estacionamento rotativo.

Matéria relacionada:
Os ‘vermelhinhos’ já estão nas ruas do Centro, mas, por enquanto, apenas treinando

Valores continuam os mesmos
Os valores continuam os mesmos que eram praticados anteriormente: R$ 2 por uma hora para carros e caminhonetes e R$ 1 para motos.
A ‘área azul’ (máximo 2 horas consecutivas estacionado) e ‘área branca’ (até 5 horas de estacionamento) também serão mantidas.
Os horários também continuam os mesmos: de segunda a sexta, das 8h às 18h, e sábados, das 8h às 12h.
Desde o dia 27 de julho, os 40 monitores da empresa Rizzo Parking já estão nas ruas da região central da capital, uniformizados com agasalhos vermelhos, orientando a população.
Os trabalhadores vêm realizando ações educativas e orientando a população sobre como deve funcionar o serviço de cobrança de estacionamento nas áreas públicas da cidade, que está desativada desde setembro de 2019.

Compra e recuperação de créditos
A compra de créditos e recuperação dos valores ativos da empresa anterior, pode ser feita através do aplicativo Rizzo Parking, disponível para Android e iPhone.
Quem tinha créditos da Zona Azul deve logar com cpf e senha do aplicativo anterior (Minha Vaga).
Caso tenha esquecido a sua senha, vá em “Esqueci minha senha”.
Se o usuário tenha perdido o acesso ao email cadastrado no aplicativo anterior, pode enviar um email para atendimento@rizzoparking.com.br e solicitar uma nova senha. Após o login os créditos antigos já estarão disponíveis no cadastro. Também pode revisar as placas dos veículos cadastrados no app. Caso tenha alguma dúvida, o cidadão pode ligar no 0800 672 72 60.

Além do App, os créditos também poderão ser comprados no site da empresa (https://rizzoparking.com.br/florianopolis/) e com os monitores nas ruas.
Em breve a população poderá contar com os pontos de vendas espalhados pela cidade (ainda em fase de cadastro). A intenção é que se tenha mais de 100 pontos de venda autorizados.

(Com informações e imagens da Rizzo Parking)

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *