Confira os três melhores presépios, abertos à visitação pública, para apreciar no Centro

O presépio acaba de completar 151 anos em Florianópolis.
A primeira notícia desta celebração natalina na cidade foi publicada no Jornal O Mercantil, de 1º de janeiro de 1868, “revelando, como ‘grande novidade’, o hábito de se armar presépios durante a semana do Natal”, como informa o jornalista Sérgio da Costa Ramos, na crônica do último final de semana, no Jornal Notícias do Dia.

Ele continua com o registro de O Mercantil:
“Este ano têm sido inúmeros os presépios, sendo de se notar que poucos são merecedores de elogios”.
Um século e meio depois, no entanto,  o Floripa Centro encontrou três presépios atuais que merecem enaltecimento e apreço e que podem ser visitados ao longo de todo o dia.

Confira:

Catedral Metropolitana: presépio com as esculturas tradicionais

– Praça 15: presépio natural de Franklin Cascaes, construído em homenagem à religiosidade do ilhéu e que busca reavivar as tradições açorianas.


– Cúria da Arquidiocese de Florianópolis (Rua Esteves Júnior, 447): presépio de pedra, em tamanho natural, com características sóbrias.

Confira aqui outra reportagens do Floripa Centro

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *