Crime ambiental: 12% dos imóveis do Centro despejam o esgoto diretamente na rede pluvial

Inspeções realizadas pelos órgãos municipais nas mais importantes ruas da região central da Capital constataram que parte das residências e estabelecimentos comerciais têm o esgoto conectado à rede pluvial.
O levantamento começou na Avenida Beira-Mar Norte e depois abrangeu toda a área entre a Baía Norte e a Avenida Mauro Ramos, passando por diversas vias importantes, como as avenidas Rio Branco e Hercílio Luz e as ruas Tenente Silveira, Padre Roma, Bocaiúva e Esteves Júnior.

De 1,3 mil imóveis vistoriados, 154 foram flagrados cometendo o crime ambiental, representando 12% do total.
A fiscalização foi feita pelo programa Floripa Se Liga Na Rede este ano.

Aumento da regularização
De março a novembro, o programa inspecionou shoppings centers, hotéis, condomínios e prédios comerciais, além de casas, restaurantes e instituições de ensino, realizando 320 retornos.

Destes, somente 147 apresentavam-se regulares na primeira inspeção, mas 294 regularizaram suas ligações de esgoto, na sequência.

Maioria com irregularidades
Um balanço atualizado do programa aponta que 77% dos imóveis inspecionados tinham algum tipo de irregularidade nas ligações de esgoto.
A taxa é menor que a registrada nos primeiros meses de atuação, em torno de 90%.

Os problemas mais comuns estão relacionados à caixa de gordura, principalmente pela ausência do dispositivo, mas também pelo subdimensionamento ou inconformidade com as normas técnicas.

(As fotos são de Tito Pereira, do Floripa Se Liga Na Rede)

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *