Há 86 anos – Primeiro voo regular entre Florianópolis e São Paulo tinha capacidade para quatro passageiros

Compartilhe:

Apoio cultural: Box 32 e Audioprev

Por Billy Culleton
Em 16 de janeiro de 1935, ocorreu o primeiro voo regular de passageiros entre Florianópolis e São Paulo, feito pela empresa Aerolloyd Iguassú.

A façanha se deu no ‘Campo do Centro de Aviação Naval’, atual Base Aérea, no Bairro Carianos.
Até então a capital catarinense só recebia hidroaviões, que pousavam na Baía Sul, com desembarque nos trapiches próximos ao Mercado Público Municipal.

A linha entre as duas capitais começou com pequenos aviões, de três e quatro lugares, e fazia escalas em Itajaí, Joinville e Curitiba.
A frequência era bissemanal, partindo de Florianópolis às quartas e sextas-feiras, às 10h.

Jornais da Capital anunciam o novo serviço em janeiro de 1935 (Acervo digital Biblioteca Pública de SC)

Os aviões desenvolviam uma velocidade de 170 quilômetros por hora ‘de modo a poder ir daqui (Florianópolis) em duas horas e meia ou três horas de voo’, como publicou o Jornal O Estado, de 17 de maio de 1933, ao apresentar a novidade que chegaria à cidade.

Cabine do avião Stinson, com dois comandos (Wikipedia)

Origem em 1933
A Aerolloyd Iguassú começou a operar em 30 de junho de 1933, na rota entre Curitiba e São Paulo, e contava com aviões monomotores Klemm K1 31A e Stinson Reliant.
Mas a iniciativa de unir as cidades do Sul e Sudeste do país fracassou, principalmente, pela falta de mão de obra especializada e também pelo tipo de aeronave utilizada, que não eram ideiais para operar em rotas predominantemente montanhosas.

Por isso, em 28 de março de 1939, a empresa foi vendida para a Vasp.

Anúncio no Jornal o Estado, de 23/1/1935 (Acervo digital da Biblioteca Pública de SC)

A Aerolloyd Iguassu, que foi a primeira companhia de aviação brasileira a voar sem o auxílio técnico de empresa estrangeira, tinha escritório no Hotel La Porta, ao lado da Praça XV.

Reportagem relacionada:
— Há 93 anos – Florianópolis foi a primeira cidade do país a receber um avião comercial brasileiro (e tem vídeo!)

História do Aeroporto de Florianópolis
Em 10 de maio de 1923, instalou-se o Centro de Aviação Naval, num terreno que pertencia à antiga fazenda Ressacada.

Quatro anos depois, em 21 de junho de 1927, aterrissou o primeiro aeroplano, da Companhia Latécoerè, pilotado por Paul Vachet.
As informações constam na dissertação de mestrado em Geografia da UFSC, de Diogo Quintilhano, entitulada ‘Transporte aéreo de cargas em Santa Catarina’, de 2014.

Modelo do avião Stinson que fazia a linha para SP (Imagem Youtube)

Era o início das atividades comerciais regulares, na área onde hoje se localiza o atual Aeroporto de Florianópolis.

Até 1955, o aeroporto possuía uma torre de controle, construída em madeira, uma pista de concreto de 1,5 mil metros x 45 metros e um pátio gramado de estacionamento de aeronaves.

No local estabeleceu-se a Base Aérea de Florianópolis para responder às necessidades da aviação militar e comercial.

No período de 1952 a 1954, foi construído o terminal de passageiros.

(Esta reportagem foi baseada em pesquisas de jornais antigos de Florianópolis e São Paulo e na dissertação de mestrado ‘Transporte aéreo de cargas em Santa Catarina’).

Compartilhe:
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *