Bisneta de Anita Garibaldi chega à Capital para homenagem pelo bicentenário do nascimento da heroína catarinense

O jardim do Palácio Cruz e Sousa, sede do Museu Histórico de Santa Catarina, receberá uma muda da “Rosa de Anita”, uma flor híbrida criada na Itália em homenagem à catarinense Anita Garibaldi.
O plantio será na segunda-feira, 17, às 17h, e contará com a presença de Annita Garibaldi, bisneta de Anita e Giuseppe Garibaldi.
Ela é nascida na França, tem 77 anos e mora em Roma.

Annita estará em Santa Catarina a partir desta quarta-feira, 13, quando participará também do plantio de rosas nos municípios de Anita Garibaldi, Lages, Curitibanos e Garopaba.
A ação integra o calendário comemorativo do bicentenário de nascimento de Anita Garibaldi, que se estenderá até 2021.

Administradora do Museu Histórico de SC, Lena Peixer, mostra o local exato onde será plantada a muda da ‘Rosa de Anita’

Rosa de Anita
O híbrido-símbolo das comemorações foi criado pelo botânico italiano Giulio Pantoli, que se inspirou na figura de Anita Garibaldi para desenvolver a rosa.
Na Itália, os direitos de reprodução da rosa estão com o Museu Renzi, que franqueou autorização para que o Instituto Cultural Anita Garibaldi (CulturAnita) pudesse clonar e distribuir o híbrido no Brasil e na América do Sul.
Os brotos foram trazidos no final de 2018 para o Brasil e adaptadas à realidade climática do país pelo botânico Leonardo Borges, de Laguna.
Em agosto, foram iniciados os plantios das primeiras rosas geradas em Imbituba, Laguna e Tubarão.

Árvore genealógica
Por ocasião da visita de Annita a Curitiba, o jornal Gazeta do Povo fez uma reportagem na qual mostra que a bisneta da heroína traçou a árvore genealógica da família.
“Ela é filha de Sante Garibaldi que, por sua vez, é filho de Ricciotti.
Este último é o quarto filho do casal Giuseppe e Anita e também foi um general italiano. O pai de Annita Garibaldi Jallet teve 13 filhos, 10 deles chegaram à idade adulta. Annita é a única filha mulher viva.”

A francesa Annita Garibaldi Jallet (Cortesia Associazione Nazionale Case della Memoria)

Onde nasceu a heroína catarinense?
De acordo com o jornal, a polêmica sobre onde Ana Maria Ribeiro, a Anita Garibaldi, nasceu continua existindo. “A data é precisa, mas o lugar não”, explicou a bisneta. “O certo é dizer que ela nasceu em Santa Catarina, mas não se sabe se é em Laguna ou em Lages”.

Ela chegou a pesquisar a origem da família da bisavó, mas não conseguiu chegar a uma conclusão. “O pai e a mãe eram portugueses”, conta. “Ele chegou a Santa Catarina por São Paulo; ela veio direto dos Açores, em Portugal. Ambos se conheceram em Lages e depois mudaram para Laguna. Em um dos municípios tiveram Ana Maria.”

Confira aqui outras reportagens do Floripa Centro

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *